CubicFun - The White House com LED - Puzzle 3D

Código: L504 Marca:
R$ 165,00
até 2x de R$ 82,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 165,00 sem juros
    • 2x de R$ 86,22
    • 3x de R$ 58,32
    • 4x de R$ 44,38
    • 5x de R$ 36,02
    • 6x de R$ 30,45
    • 7x de R$ 26,37
    • 8x de R$ 23,40
    • 9x de R$ 21,08
    • 10x de R$ 19,24
    • 11x de R$ 17,73
    • 12x de R$ 16,47
  • R$ 165,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

A Casa Branca (The White House em inglês) é a residência oficial e principal local de trabalho do Presidente dos Estados Unidos da América e sede oficial do poder executivo do país. Fica localizada no número 1600 da Avenida Pennsylvania em Washington D.C. e foi construída entre 1792 e 1800. Foi pintada em arenito esbranquiçado no estilo georgiano e tem sido a casa de todos os presidentes desde o mandato do segundo presidente dos Estados Unidos, John Adams (de 1797 a 1801). O edifício foi expandido por Thomas Jefferson quando se mudou para lá em 1801, com auxilio do arquiteto Benjamin Henry Latrobe. Durante a guerra Anglo-Americana, mais precisamente em 1814, os britânicos queimaram a cidade de Washington D.C., e a Casa Branca ardeu em chamas. A parte interna foi destruída e muitas das paredes externas chamuscadas. A reconstrução foi iniciada quase que imediatamente após o incêndio e o quinto presidente do país, James Monroe, se mudou para a quase totalmente reconstruída Casa Branca em 1817. A Casa Branca foi construída logo depois da criação oficial do Distrito de Columbia (em 1790). O presidente George Washington e o planejados urbano Pierre L'Enfant escolheram o local e o arquiteto escolhido para projetar o prédio foi o irlandês James Hoban. Foram gastos na construção em valores da época 232.371,83 dólares, o que em valores de hoje equivalem à 2,4 milhões de dólares (cerca de 12 milhões e 720 mil reais). A construção continuou com a adição dos pórticos sul (em 1824) e norte (em 1829). Na época da Guerra Civil Americana, houve uma superlotação na Casa Branca. Também se reclamava da localização do edifício, próximo ao canal e em terras pantanosas, o que reunia condições favoráveis para a propagação de doenças como a malária. Foi encarregado de promover uma solução para esses problemas, o Brigadeiro-General Nathaniel Michler, que propôs que a Casa Branca deixasse de ser a residência oficial e passasse a ser apenas usada para negócios governamentais, e que a primeira família se mudasse para uma nova propriedade no Meridian Hill Park em Washington D.C., porém, o Congresso rejeitou a ideia. Em 1891, a primeira-dama Caroline Harrison, esposa do presidente Benjamin Harrison, propôs ampliações para a Casa Branca. Seria incluído ao edifício uma Ala Nacional a leste que serviria como galeria de arte histórica e uma Ala a oeste para funções oficiais. Em 1901, Theodore Roosevelt se mudou para lá com sua família (que por sinal era bastante grande) e o consenso geral deles era que a falta de espaço físico do edifício era insuportável. A firma de arquitetura McKim, Mead and White foi encarregada de realizar as obras de restauração, renovação e expansão, incluindo a construção da nova ala oeste. Em 1902, a família Roosevelt passou quatro meses numa residência provisória no número 22 da Jackson Place. Em 1909, o presidente William Howard Taft encarregou o arquiteto Nathan C. Wyeth da expansão da ala oeste, incluindo a adição do famosíssimo Gabinete Oval. Décadas de pobre manutenção e a construção de um ático de quatro andares durante a administração de Calvin Coolidge causou um grande dano à estrutura de tijolo e arenito em volta de uma armação de madeira. Em 1948, o palácio presidencial tornou-se tão instável que o Presidente Harry Truman o abandonou, se mudando para a Blair House (bem próximo dali, na Avenida Pennsylvania, 1651-1653) ficando ali até 1951. A empreiteira de John McShain da Filadélfia promoveu sua reconstrução. Os espaqços interiores foram totalemnte desmantelados, uma nova estrutura em aço foi construída e as salas originais foram reconstruídas dentro da nova estrutura. Na planta do andar térreo foram feitas algumas modificações, sendo que a mais importante foi a recolocação da grande escadaria levando para o Hall de Entrada ao invés da Galeria Cruzada. Foi instalado um ar condicionado central e adicionadas duas sub-caves para aumentar o espaço dos escritórios, foram adicionados depósitos e um abrigo anti-bombas. A família Truman voltou para a Casa Branca em 27 de março de 1952. Enquanto que o edifício foi salvo pela reconstrução de Truman, a maior parte dos acabamentos interiores foram pontuais e de pouco valor histórico. Grande parte das obras de estuque originais, algumas datadas da reconstrução de 1814 a 1816, ficaram danificadas demais para serem reinstaladas, tal como o robusto painel de Beaux Arts original, na Ala Leste. O Presidente Truman mandou serrar a estrutura de madeira original em painéis. As paredes da Sala Vermeil, da Biblioteca, da Sala Chinesa e da Sala do Mapa, no andar térreo da residência principal, foram cobertas com madeira dessa estrutura. Jacqueline Kennedy, esposa do presidente John F. Kennedy, dirigiu a mais extensa redecoração histórica já feita na Casa Branca. Henry Francis du Pont do Winterthur Museum no Delaware presidiu um Comitê de Belas Artes da Casa Branca. Foram feitas extensas pesquisas sobre o uso e a decoração das salas primitivas do edifício. Foram selecionados diversos períodos do início da república para tematizar cada sala. A Sala Verde recebeu o estilo Federal, a Sala Azul recebeu o estilo Imperial Francês, a Sala Vermelha recebeu o estilo Imperial Americano, a Sala Oval recebeu o estilo Louis XVI e o Estúdio Presidencial, rebatizado posteriormente para Sala do Tratado, foi decorado em estilo Vitoriano. Mobiliário antigo foi adquirido para a decoração, ornamentos e decorações baseados nos documentos da época foram fabricados e instalados. Muitas famílias ricas e influentes como Crowninshield e Oppenheimer, doaram antiguidades e pinturas refinadas para a redecoração da Casa Branca. O primeiro guia da Casa Branca foi produzido na época sob curadoria de Lorraine Waxman Pearce sob supervisão direta da própria Jacqueline Kennedy e sua venda ajudou a financiar a restauração. O termo Casa Branca é usado como uma metonímia para o Gabinete Executivo do Presidente dos Estados Unidos da América. O código do Serviço Secreto para o local é "Crown" (coroa em tradução livre). A propriedade pertence ao National Park Service, que administra parques nacionais e monumentos dos Estadios Unidos e fez parte do President's Park.

Quebra-Cabeça em 3D composto de peças destacáveis para encaixe. Não requer cola ou ferramentas para sua montagem.

Produtos relacionados

R$ 165,00
até 2x de R$ 82,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Hobby Trade Center está há mais de 25 anos no mercado de modelismo,comercializando kits plásticos para montar, miniaturas em metal (die cast),trens elétricos, brinquedos educativos, quebra cabeças em 3D entre outros produtos.. Em nossa empresa você irá encontrar a mais variada gama de produtos do ramo, um execelente atendimento, sempre com qualidade e agilidade!

Social
Pague com
  • Mercado Pago
Selos

HTC COMÉRCIO DE MODELISMO LTDA - CNPJ: 96.601.257/0001-78 © Todos os direitos reservados. 2020


Para continuar, informe seu e-mail